Você está aqui Vigilância em Saúde
    Boa noite! Hoje é dia 20 de Abril de 2014.

Vigilância em Saúde

  • PDF

  • Objetivos

  • Metodologia

  • Avaliação

  • Material Didático

Ao final do curso, o Técnico em Vigilância em Saúde deverá ter desenvolvido as seguintes competências:

  • identificar e analisar o processo saúde/doença com o intuito de orientar e mobilizar a população;
  • identificar a estrutura e organização do sistema de saúde vigente;
  • identificar funções e responsabilidades dos membros da equipe de trabalho;
  • auxiliar nas vistorias dos estabelecimentos que manipulam produtos e serviços de interesse a saúde;
  • identificar criadouros, situações e ambientes propícios à reprodução de vetores e roedores, as doenças por eles transmitidas e suas estratégias de controle planejar e organizar o trabalho na perspectiva do atendimento integral e de qualidade;
  • identificar criadouros e espécies de animais peçonhentos, a prevenção e o tratamento de agredidos;
  • conhecer o processo de transmissão de doenças de veiculação hídrica
  • compreender as noções básicas dos sistemas de abastecimento de água, do sistema de esgotamento sanitário e do sistema de limpeza urbana;
  • planejar e organizar o trabalho na perspectiva do atendimento integral e de qualidade;
  • realizar trabalho em equipe, correlacionando conhecimentos de várias disciplinas ou ciências, tendo em vista o caráter interdisciplinar da área;
  • aplicar princípios e normas de higiene e saúde pessoal e ambiental;
  • interpretar e aplicar legislação referente aos direitos do consumidor/usuário;
  • adquirir noções básicas sobre as normas técnicas e legislação nacional, estadual e municipal pertinentes às áreas de atuação da Vigilância em Saúde
  • interpretar e aplicar normas do exercício profissional e princípios éticos que regem a conduta do profissional de saúde;
  • identificar e aplicar princípios e normas de conservação de recursos não renováveis e de preservação do meio ambiente;
  • aplicar princípios ergonômicos na realização do trabalho;
  • avaliar riscos de iatrogenias, ao executar procedimentos técnicos que competem ao Auxiliar de Vigilância em Saúde;
  • identificar, avaliar e realizar rotinas, protocolos de trabalho, instalações e equipamentos;
  • operar equipamentos próprios do campo de atuação, zelando pela sua manutenção;
  • registrar ocorrências e serviços prestados de acordo com exigências do campo de atuação;
  • prestar informações ao cliente, ao paciente, ao sistema de saúde e a outros profissionais sobre os serviços que tenham sido prestados;
  • identificar as regras básicas da Organização Mundial de Saúde para produção inócua de alimentos
  • utilizar recursos e ferramentas de informática específicos da área;
  • realizar primeiros socorros em situações de emergência.

Carga horária total do curso

Teórico-prática: 1260 horas

Carga horária presencial: 252 horas (20%)

Estágio Supervisionado

200 horas

Duração do curso

17 meses

Duração de cada módulo

04 meses

O curso será desenvolvido nos polos de apoio presencial selecionados no âmbito do Programa e-Tec Brasil, nos quais os alunos matriculados receberão atendimento presencial da equipe de tutores que foram selecionados e capacitados pela Universidade Estadual de Montes Claros para o desempenho dessa função.

A metodologia de ensino do curso na modalidade a distância fará uso das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) para garantir a interação professor/cursista, cursista/cursista e tutor/cursista. A infraestrutura educacional organizada na instituição de ensino, presente no Núcleo de EAD é complementada com a infraestrutura de tecnologia dos pólos composta por laboratórios de informática com acesso à Internet, espaços administrativos e de estudo que garantem ao aluno as condições necessárias para desenvolver as atividades do curso.

Os Cursos Técnicos em Agronegócio; Informática; Gerência em Saúde; Meio Ambiente; Comércio e Vigilância em Saúde na modalidade a distância, utilizarão o ambiente virtual como um dos principais meios de socialização do conhecimento e de orientação do processo de aprendizagem apoiado pelos materiais didáticos impressos, articulados com outras mídias.

A interligação de computadores permite a integração dos conteúdos disponíveis em outras mídias, além da interatividade, a formação de grupos de estudo, a produção colaborativa e a comunicação entre professor,tutor e cursistas e desses entre si.

O conteúdo audiovisual a ser utilizado no curso está relacionado com o material impresso e com o ambiente virtual, permitindo a expansão e o detalhamento dos conceitos abordados.

Entre esses, destacam-se: aulas virtuais, objetos de aprendizagem que serão desenvolvidos ao longo do curso, simuladores, fóruns, salas de bate-papo, conexões a materiais externos, atividades interativas, tarefas virtuais (webquest), modeladores, animações, textos colaborativos (wiki).

 

O processo de avaliação da aprendizagem dos cursistas será desenvolvido de forma a observar o disposto no Projeto Político Pedagógico dos cursos do e-Tec Brasil/CEMF Unimontes e no regimento da Escola Técnica de Saúde/CEMF.

Para a metodologia que se propõe, a avaliação torna-se instrumento fundamental. O mecanismo ação-reflexão-ação é importante para que a avaliação cumpra o seu papel, ou seja, o julgamento qualitativo da ação deve estar em função do aprimoramento desta mesma ação.

Estará baseada nos atributos (conhecimentos, habilidades e valores) das competências definidas no perfil de conclusão caracterizado nos Planos de Curso e se desenvolve de forma sistemática, com ênfase nas modalidades “Diagnóstica, Somativa e Formativa”.

A dimensão diagnóstica deve ser compartilhada pelo tutor presencial (Orientador Educacional e cursista, permitindo a identificação de possibilidades e dificuldades na aprendizagem, no decorrer do processo. A dimensão formativa, por sua vez, possibilitará a tomada de medidas corretivas no momento adequado, de tal maneira que o cursista possa ser orientado pelo orientador educacional quanto às dúvidas de conteúdo, estágio supervisionado, metodologia e o próprio processo de aprendizagem em si. A dimensão somativa identificará o grau em que os objetivos foram atingidos, expressando os resultados de aproveitamento no curso por meio de notas.

Os instrumentos de avaliação da aprendizagem serão constituídos pelas atividades individuais e de grupos e provas mensais (presenciais) referentes aos conteúdos e atividades desenvolvidas no mês anterior à sua aplicação. As provas mensais ocorrerão nos polos na mesma data e horário para todos os alunos. A aplicação dessas provas será realizada pelos professores e/ou tutores presenciais e a distância.

Serão avaliadas também as atividades realizadas no ambiente virtual de aprendizagem.

Ao longo do curso serão distribuídos 100 (cem) créditos para avaliação das atividades de cada módulo, sendo 50 pontos para as provas mensais; 20 pontos para as atividades individuais no ambiente, 20 pontos para as atividades dos grupos de trabalho e 10 pontos para os seminários presenciais. Para a aprovação final, o cursista deverá obter 70% dos créditos. Os professores formadores serão responsáveis pela correção e atribuição de notas para as atividades individuais, de grupos e provas mensais, uma vez que esses terão a função de acompanhar o desenvolvimento do eixo temático.

O módulo Introdutório de Alfabetização Digital estará isento de avaliação. Entretanto, o cursista deverá cumprir pelo menos 75% da carga horária do módulo para dar continuidade ao curso.

A insuficiência revelada na aprendizagem pode ser objeto de correção, pelos processos de recuperação (paralela e final).

A recuperação paralela se faz presente nos casos em que o domínio de um conceito é fundamental para a continuidade do processo de aprendizagem, quando o tutor oferecerá estratégias pedagógicas para aqueles que não conseguiram o desempenho satisfatório. O processo consistirá na viabilização de atividades programadas pelo tutor (revisão de atividades, exercícios, sínteses etc), que possui autonomia para definir quando e como aplicá-las. Essas atividades não devem se caracterizar como instrumentos de coerção e/ou punição, ao contrário, são peças fundamentais para o processo avaliativo pautado nos preceitos apresentados neste projeto.

O cursista que obtiver nota inferior a 70 pontos deverá realizar recuperação final. Os estudos de recuperação final, de caráter obrigatório, deverão ser realizados ao final do Eixo Temático, será previsto em calendário para garantir ao discente a superação de dificuldades ocorridas e não superadas no seu percurso escolar.

Conforme o Projeto Político Pedagógico da Escola Técnica de Saúde/CEMF caso o cursista seja aprovado na prova de recuperação final, sua nota não poderá ser superior a 70 pontos.

Em relação à freqüência nos Encontros Presenciais, o cursista deverá apresentar freqüência mínima de 75% na carga horária total de cada módulo, para ser aprovado.

Quanto ao estágio supervisionado, deverá cumprir 100% da sua carga horária, realizando todas as atividades previstas no manual de estágio orientadas pelo professor de estágio. Serão atribuídos 100 créditos para o estágio no módulo, sendo a nota final uma média aritmética das notas atribuídas pelos profissionais responsáveis pelo campo de estágio, na ficha de controle de horas e avaliação.

Ao ser reprovado no estágio supervisionado, o cursista deverá cumprir novamente a carga horária total de estágio do módulo, podendo fazê-lo durante as atividades do módulo subsequente.

Assim, a avaliação da aprendizagem vai se caracterizar pelo envolvimento de cursistas e tutor presencial( orientadores educacionais) num diálogo, no sentido de superar as dificuldades encontradas no processo ensino-aprendizagem, em função da continuidade das atividades do conteúdo programático e do seu relacionamento com outros ramos do saber. É através do desenvolvimento da auto-avaliação contínua realizada pelo próprio cursista, que o educador ficará sabendo “o que foi feito” e o “que fazer” em relação à estrutura da matéria de ensino em desenvolvimento.

Qualquer situação omissa neste Plano de Curso deverá ser resolvida em conformidade com o Regimento Escolar do CEMF.

 

Módulo I
Visualizar
Ecologia
alt
Fundamentos de Educação em Saúde
alt
Noções Básicas de Matemática e Estatística

alt

Noções em Biologia alt
Planejamento Urbano
alt
Processo Saúde Doenças e Políticas de Saúde alt
Segurança e Saúde do Trabalho alt

 

Módulo II
Visualizar
Noções em Química
alt
Sistema de Abastecimento de Água alt
Sistema de Esgotamento Sanitário e Drenagem Urbana alt
Sistema de Limpeza Urbana
alt

 

Módulo III
Visualizar
Normas e Padrões de Identidade e Qualidade dos Alimentos alt
Vigilância Epidemiológica I alt
Vigilância Epidemiológica II alt
Inspeção, Legislação Sanitária e Ambiental alt

 

Módulo IV
Visualizar
Doenças Vetoriais Viróticas e Reconhecimento Geográficos alt
Doenças Parasitárias Viróticas Bacterianas alt
Ectoparasita e Animais Peçonhentos alt
Entomologia, Roedores e Esquistossomose alt